Usuario
area de login
Faça seu login e tenha acesso ao conteudo restrito.

Usuario
|
senha

Noticias
Evento do CNB-SP recepciona os novos Tabeliães aprovados no 7º Concurso Público
Colégio Notarial do Brasil — 03/10/2011

Em parceria com o IEPTB-SP, Colégio Notarial organiza coquetel de boas vindas aos novos Tabeliães de Notas e Protesto do Estado de São Paulo.


Na noite desta sexta-feira (30.09), o Colégio Notarial do Brasil - seção São Paulo (CNB-SP) e o Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil - seção São Paulo (IEPTB-SP) promoveram uma Recepção de Boas Vindas aos Aprovados no 7º Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de São Paulo.


Evento do CNB-SP recepciona os novos Tabeliães aprovados no 7º Concurso Público


Participaram da solenidade, que ocorreu na capital paulista, o presidente e vice-presidente do CNB-SP, respectivamente Ubiratan Pereira Guimarães e Mateus Brandão Machado, o presidente do IEPTB-SP, José Carlos Alves, o desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), José Renato Nalini, o juiz auxiliar da Corregedoria Geral de Justiça do Estado de São Paulo (CGJ-SP), Walter Rocha Barone, a representante do Ministério Público no 7° Concurso Público, Regina Célia Ribeiro, o juiz de Direito, Luis Paulo Aliende Ribeiro, além da tabeliã Priscila de Castro Teixeira Pinto Lopes Agapito, que integrou a banca examinadora do 7º Concurso.


Evento do CNB-SP recepciona os novos Tabeliães aprovados no 7º Concurso Público


Ao abrir o evento o desembargador José Renato Nalini parabenizou os aprovados no concurso e ressaltou que a excelência no trabalho dos tabelionatos depende da qualidade da formação dos profissionais e do uso da criatividade. “Quando os concursos são viabilizados, temos a certeza de que as pessoas estão se atualizando e mantendo-se antenadas a tudo o que acontece no mundo que está em contínua mutação”, afirmou. Segundo o desembargador, concurso público é um processo democrático, “porque é aberto a todos”, e aristocrático, “pois presume-se que só os melhores sejam aprovados”.


Evento do CNB-SP recepciona os novos Tabeliães aprovados no 7º Concurso Público


“O Tribunal de Justiça de São Paulo tem muito orgulho das atividades que está organizando ao lado dos parceiros que, segundo minha pregação, devem merecer a cada dia mais atribuições para exercer a integralidade da jurisdição voluntária”, finalizou o desembargador, que representou o presidente do TJ-SP, José Roberto Bedran


Já o juiz auxiliar da CGJ-SP, Walter Rocha Barone, que representou o corregedor geral da Justiça, Maurício Vidigal, lembrou a importância da iniciativa do Estado de São Paulo na preparação dos concursos públicos para provimento dos cargos de notários e registradores. “Mais uma vez, o Estado de São Paulo cumpre o papel de vanguarda da Justiça”, disse. “A realização do concurso sempre foi uma bandeira e acreditamos que esse novo regime é o único meio democrático que garante igualdade e condições a todos”, disse. “Basta estudar para ingressar nessa carreira de importância inegável para a sociedade”, completou o magistrado.


Evento do CNB-SP recepciona os novos Tabeliães aprovados no 7º Concurso Público


Em seguida, coube ao presidente do CNB-SP, Ubiratan Guimarães, realizar uma apresentação da missão, visão e valores da entidade, que tem como objetivo a união da categoria e a valorização da atividade notarial, detalhando os benefícios destinados aos associados, como assessoria jurídica, jornal informativo, cursos, palestras, acesso à área restrita do site que promove a discussão das atividades diárias, entre outros.


Evento do CNB-SP recepciona os novos Tabeliães aprovados no 7º Concurso Público


Guimarães também saudou os aprovados no concurso, destacando o grau de dificuldade do processo. “Todos nós que prestamos concurso sabemos da dificuldade que é ser aprovado até a última fase do concurso. Por isso, parabenizamos a todos vocês”. O presidente do IEPTB-SP, José Carlos Alves, também realizou uma rápida apresentação sobre a entidade.


 Motivos para comemorar


A cerimônia foi marcada pela alegria contagiante dos aprovados, que iniciam uma nova fase em suas carreiras. Há oito anos atuando como registrador de imóveis de Bauru, João Baptista de Mello e Souza Neto escolheu o Tabelionato de Protesto de Letras e Títulos de Sorocaba como serventia e se prepara para o novo desafio.


Evento do CNB-SP recepciona os novos Tabeliães aprovados no 7º Concurso Público


“A fase de transição do interino para o titular requer muito tato e prudência para que seja feita de maneira adequada para ambos os lados. O início de uma atividade em que nunca militei é muito desafiante”, conta Neto, aprovado em primeiro lugar no concurso, que ainda deixa uma dica àqueles que desejam ser aprovados em concurso: “A grande qualidade do concurseiro é a perseverança. Tem que ter raça, tem que estudar, porque é muito concorrido. Mas o aprendizado é feito por acumulação. Você pode estudar um ano inteiro e não passar, mas não será perdido, vai ganhando informação e um dia é recompensado.”


Evento do CNB-SP recepciona os novos Tabeliães aprovados no 7º Concurso Público


Formada em Direito em 2002, Renata do Amaral Fonseca Pantuzi ingressou no Registro Civil em 2007 pelo 4º Concurso Público e, recém aprovada no 7° Concurso, assumirá o 2º Tabelionato de Notas de Bragança Paulista. “É uma nova fase para mim e acredito que será uma experiência bem diferente, pois eu trabalhava no Registro Civil. Sou da cidade de Bragança Paulista e recebi influência de familiares, que trabalhavam na mesma serventia”, conta a nova tabeliã.


Evento do CNB-SP recepciona os novos Tabeliães aprovados no 7º Concurso Público


Para muitos, a aprovação no 7º Concurso é uma oportunidade de começar uma nova vida, mas mantendo a motivação com que iniciaram a carreira. “A expectativa é grande. Eu chego com o mesmo ânimo e o mesmo desejo de quando assumi em Orlândia, com vontade de revolucionar e mudar o cartório”, conta Alexandre Morone de Oliveira Santos, que foi registrador civil durante quatro anos no cartório de Orlândia e assumirá o 2º Tabelião de Notas de Campinas, cidade para onde pretende se mudar com a família. “Todos os dias temos desafios. Ao assumir o Tabelionato, vou precisar aprender a parte técnica, conhecer a nova equipe, pois pretendo realizar melhorias no prédio e, claro, servir bem a população”, afirmou.


Ser aprovado no concurso possibilita ao profissional escolher uma cidade próxima àquela onde a família mora. É o caso do tabelião Andrey Guimarães Duarte, que assumirá o 4º Tabelionato de Notas de São Bernardo do Campo. “Estava há seis anos no cartório de Piraju, onde aprendi bastante. Agora, assumindo o Tabelionato de Notas de São Bernardo do Campo terei um novo desafio por ser um cartório maior. Posso dizer que é motivador, sobretudo porque estarei mais próximo de casa”, comemorou. 


“É um sonho realizado. Desde a aprovação do 3º Concurso estudei bastante e decidi que minha carreira a ser seguida seria no Tabelionato e foquei o estudo para conseguir isso”, comemorou Altair de Almeida Correia, que escolheu o 3º Tabelionato de Notas de São José do Rio Preto. 


Portas abertas para um novo mundo 


Para muitos, o concurso abre as portas para o início na atividade notarial. “É emocionante ingressar na atividade notarial e registral. Pretendo seguir carreira”, conta Ademir Dalecio Junqueira, tabelião de Notas e Protesto de Letras e Títulos de Cafelândia, que teve influência positiva de família, cujo irmão é registrador civil em Aparecida.


Evento do CNB-SP recepciona os novos Tabeliães aprovados no 7º Concurso Público


Escrevente do 3º Tabelionato de Notas e Protesto de Araraquara durante nove anos, Carlos Fernando Peres Flores avalia a aprovação no 7º Concurso como uma grande conquista. “Amo o que eu faço e me identifiquei muito com a área. Acredito que a atividade do tabelião é muito necessária para a sociedade, então minhas expectativas são as melhores possíveis”, afirma Flores, que assume como tabelião do Cartório de Notas e Protesto de Ituverava. 


Flores atribui parte de sua conquista ao conhecimento que recebeu através dos cursos e palestras promovidas pelo Colégio Notarial do Brasil - seção São Paulo (CNB-SP). “Como escrevente, foi fundamental o trabalho do Colégio na minha aprovação, devido aos cursos, palestras e informativos que recebi. No interior, não temos muito acesso aos cursos que acontecem na capital e o Colégio Notarial ajudou muito levando a programação até os tabeliães do interior”, analisa. 


A jovem advogada Maria Natália Valente Moreira também atuará pela primeira vez na área ao ser aprovada e escolher o 2º Tabelião de Notas e Protesto de Mogi das Cruzes. “Estou bem animada para começar a trabalhar na área. O Oficial e toda a equipe do cartório de Mogi das Cruzes me receberam muito bem. Já falamos sobre alguns pontos do trabalho, coisas práticas como mudança no nome dos carimbos. Estou empolgada”, festejou. 


A ansiedade e o desejo de prestar um bom trabalho à sociedade motivaram o advogado Paulo José Ribeiro Moreira a mudar com a família para Pirapozinho, a cerca de 600 quilômetros da capital paulista. “Escolhi a cidade por indicação de colegas, que disseram que o município é bom e está em desenvolvimento. Espero poder exercer a profissão com dignidade e prestar um bom serviço à população de Pirapozinho”, disse o novo tabelião do Tabelionato de Notas e Protestos da Comarca de Pirapozinho.


Apoio da entidade notarial


Tanto para os tabeliães que estão ingressando agora na atividade, como para aqueles que já militam na área, o apoio e a assessoria prestados pelo Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo (CNB-SP) são de suma importância para este momento de transição na carreira.


“A entidade presta um trabalho importante, sobretudo para quem está ingressando na atividade por que dá um suporte muito bom para os tabeliães”, conta o novo tabelião de Pirapozinho Paulo José Ribeiro Moreira.


“O CNB-SP é uma instituição fundamental ao tabelionato de notas, porque une a classe e luta por ela. O trabalho do Colégio faz valer a pena trabalhar na área. Agora, os tabeliães novos e os que já atuam no cartório precisam se unir para fortalecer a categoria”, declarou Altair de Almeida Correia, do 3º Tabelionato de Notas de São José do Rio Preto. 


Para Matheus Trevizan Carriel, tabelião de Notas e de Protesto de Jaguariúna, o CNB-SP aproxima os tabeliães e notários do Congresso Nacional e do Tribunal de Justiça de São Paulo, fazendo a comunicação necessária com os poderes públicos e atualizando os notários sobre os principais temas relacionados à atividade.


“Espero a união da classe, para que possamos dedicar cada vez mais um bom atendimento ao público, e para que a nossa atividade se perpetue. Acredito que o Colégio Notarial está no caminho certo, disponibilizando aos associados informações importantíssimas e nos atualizando quanto às atividades do Congresso Nacional”, afirma.

Voltar


Es una farmacia con precios bajos y el sistema de descuento âónde ñomprar Genéricos de Cialis online | This medicine may be used for other purposes; ask your health care provider or pharmacist if you have questions buy cheap sumatriptan online | Disponibilità: Cialis può essere acquistato su Internet acquiste-rx.online



Control-M Informática Ltda - Sistemas Informatizados para Cartórios
Rua Anhanguera, 180 - Recreio dos Bandeirantes - Jaboticabal/SP - Fone: (16) 3209-6776